Projetos

sobre

Carlos Pedreañez nasceu em Maracaibo, Venezuela, mora no Brasil desde 2003.  

Desenvolve projetos visuais vinculando experiências através de diversos caminhos: artes visuais, instalações de arte, cenários, vídeo-instalações, videoclipes e projeções mapeadas em em tempo real (VJing) em espetáculos musicais e teatrais.
 

Entre 2012 e 2015, concebeu o vídeo cenário e atuou como “VJ” na turnê 7vidas da cantora e compositora Pitty, uma das artistas mais populares do Brasil.

Com Marcelo Jeneci produziu o live sonoro-interativo para o show do disco “De Graça". Nos últimos dois anos trabalhou com o cantor e compositor pernambucano Otto, e com o grupo de future-jazz Lavoura, o qual integra desde 2014.

Recentemente, realizou animações para o Estúdio BijaRi, que venceu o Prêmio Shell de Teatro 2017 na categoria "Melhor cenário" com o espetáculo “Adeus, Palhaços Mortos!”.

No coletivo de arte La Tintota, com o designer e cenógrafo Leo Ceolin e o arquiteto Flávio Lima, criou projetos cenográficos das óperas "Tristão e Isolda", de Richard Wagner e “Samson et Dalila”, de Camille Saint-Saëns - no XIII Festival Amazonas de Ópera, e “Lulú”, de Alban Berg - no XVI Festival Amazonas de Ópera. Outro projeto de destaque é a peça de teatro “Cachorro”, dirigida por Juca Rodrigues e Roberto Lage (São Paulo, 2006), indicada ao Prêmio Shell de Teatro 2007. Em estas ocasiões foram utilizadas técnicas mistas de vídeo e projeção na construção dos cenários.

Formado em expressão plástica e pedagógica pela Fundación Instituto de Expresión y Creatividad (FIDEC), Carlos chegou ao Brasil através da artista plástica Maria Bonomi, com quem trabalhou como artista adjunto de 2003 até 2008. Com Bonomi desenvolveu diversas obras em parceria, entre elas “Tetraz”, no Centro Cultural Britânico (São Paulo, 2003) e a mostra "Infecção da Memória" na 4th International Print Prague (Praga, 2004). Participou como artista convidado de importantes obras públicas em São Paulo, como “Epopéia Paulista”, na estação de metrô Luz (São Paulo, 2004) e “Etnias”, no Memorial da América Latina, (São Paulo, 2008).

 
 
 

contato

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon